Fechar

Fechar

Comédia que bateu recordes de público retorna aos palcos de teatro em Campina

Da Redação com Ascom. Publicado em 9 de maio de 2018 às 11:28.

No início dos anos 90, uma comédia lotava o palco do Teatro Municipal Severino Cabral, em Campina Grande/PB, a cada apresentação. Era 10 de maio de 1991, quando uma produção local tornou-se um verdadeiro fenômeno de público: a comédia Machos.

Escrita e dirigida pelo jornalista e autor teatral Saulo Queiroz, o espetáculo trazia no elenco, além de Saulo, a atriz Luci Pereira, o ator Sergio Abajur e a atriz e cantora Erika Marques.

Com uma estreia que já surpreendeu pela lotação, a peça seguiu sendo encenada por mais de dez anos, sempre lotando teatros dentro e fora da Paraíba graças ao seu humor baseado no estilo besteirol (gênero criado no Rio de Janeiro nos anos oitenta).

Foto: Divulgação

Machos volta ao Municipal nos dias 11 e 12 de maio, às 20 horas, e o ingresso antecipado já está à venda ao preço de R$ 30,00. No dia os valores serão R$ 60 (inteira) e R$ 30 (meia-entrada).

No elenco, Edigar Palmeira, Erik Breno, Raissa Celine e Valquíria Gonçalves. O texto e direção são de Saulo Queiroz e a produção da Aquino Produções.

A peça é estruturada em três atos, sendo o primeiro, a Gênese bíblica, que é recontada a partir do ponto de vista feminino: o macho nasce da fêmea, a partir de um calo.

Em seguida, é apresentado à plateia o Programa de Prevenção ao Macho, uma espécie de método para detecção de machistas assumidos.

O espetáculo se encerra com uma sátira aos programas de auditório, nos moldes do sofá da Hebe Camargo, onde uma top model escrachada e um macho típico se confrontam diante da apresentadora.

Nessa nova versão, em vez da personagem Hebe Café Amargo, teremos Joselma Tacacá, a irmã morena de Joelma Calypso.

O elenco garante boas gargalhadas.

Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube