...

Campina Grande - PB

Alunos da Rede Estadual participam de palestras no segundo dia do Campus Academy

17/05/2018 às 17:39

Fonte: Da Redação com Secom/PB

Aproximadamente 400 alunos de 10 escolas com ensino integral participaram, nesta quinta-feira (17), do segundo dia de programação do Campus Academy.

Eles assistiram a palestras, oficinas e debates, dos quais interagiram tirando dúvidas, para absorção dos conteúdos e obtenção de resultados satisfatórios nas maratonas e disputas.

As três primeiras equipes com melhores resultados serão premiadas nesta sexta-feira (18), dia de encerramento do Campus Academy, que faz parte do Campus Festival, reconhecido como o maior festival universitário do Norte/Nordeste. O evento está sendo realizado no Espaço Cultural José Lins do Rego, em João Pessoa.

Os alunos são divididos em equipes orientadas por professores e são estimulados a desenvolverem projetos voltados para o empreendedorismo, inovação e tecnologia. Integram o grupo também 40 professores mentores das 80 equipes participantes, com cinco alunos, cada.

O evento é uma ação conjunta da Secretaria de Estado da Infraestrutura, Recursos Hídricos, Meio Ambiente e Ciência e Tecnologia (Seirhmact), Secretaria de Estado da Educação (SEE), Sebrae e organização do Campus Festival.

A secretária executiva de Ciência e Tecnologia, Francilene Procópio, disse que desde o início do evento, na quarta-feira (16), que percebeu a forte motivação, interesse e energia dos alunos em trazerem resoluções para os desafios que eles prospectaram na sua escola, cidade ou ambiente em que desenvolvam hobbies, práticas de esportes, visando apresentar no evento.

Foto: Secom/PB

Foto: Secom/PB

“Há uma intensa presença na concretização a partir do processo criativo que eles próprios têm, dos conhecimentos que eles trazem das escolas e que eles recebem no evento, nas dinâmicas que estão sendo propostas pelo Sebrae; com um conteúdo bastante enriquecedor e a interação dos professores no processo de mentoria dos seus times”, analisou.

Segundo a secretária, “isso faz com que os alunos possam focar na busca de soluções dos seus problemas, além da própria relação que vai sendo construída de diferentes regiões do Estado, o que demonstra que os alunos da Rede Estadual têm atitude diferente e estão buscando interagir mais com a sociedade em seu entorno, usar da melhor forma esses ensinamentos de maneira empreendedora e inovadora, trazendo soluções criativas para o Estado”, observou Francilene.

O aluno Luan Cândido Ramalho cursa o 1º ano do curso Técnico em Administração na Escola Cidadã Integral Técnica de São Bento e integra a equipe que trata do tema Sustentabilidade.

O grupo está desenvolvendo projeto sobre o reaproveitamento do lixo orgânico, para ser reutilizado na geração de gás renovável e fertilizante para as plantas.

“Estou absorvendo das palestras para ver como vou implementar meu projeto”, observou. De acordo com ele, esse é um evento importante e está sendo bastante proveitoso para os participantes.

A equipe do aluno Jonathan Camelo Mesquita, do 2º ano Técnico em Administração da EECIT de São Bento, está trabalhando o desafio de como melhorar a evolução do ensino, com relação à melhoria profissional, discrepâncias de níveis de ensino e carga horária, unificação do currículo, evasão escolar, como desistência e desperdício de tempo em sala de aula. Segundo Jonathan, a expectativa do evento está sendo a melhor.

“Palestras acessíveis, muito importante para ajudar no curso que estamos fazendo. Superando as expectativas”, avaliou o aluno.

O professor/mentor Alexandro de Paiva Farias, da EECIT Pastor João Pereira Gomes Filho, de João Pessoa, analisou o evento como uma ótima oportunidade para os alunos desenvolverem o protagonismo.

“O objetivo proposto está sendo alcançado, com temáticas adequadas, palestras, conseguindo atrair a atenção dos alunos, interagindo participando. A mensagem está chegando compreensível até eles”, destacou o professor.

A formação dos times e a escolha dos desafios tiveram início nas salas de aula e laboratórios das próprias escolas já no começo do período letivo de 2018. Os professores mentores da rede estadual tiveram ainda acesso a conteúdos e práticas de educação empreendedora por meio da parceria com o Sebrae.

Ao final desta edição piloto, espera-se a consolidação de uma plataforma que reúna metodologia, conteúdos e práticas para formação empreendedora de alunos do Ensino Médio da Rede Estadual, sempre com foco na melhor inserção produtiva e inovativa dos jovens.

Veja também

Comentários

Simple Share Buttons