...

Campina Grande - PB

Sindicalista diz que não vota em candidata do partido para presidente

12/04/2018 às 17:02

Fonte: Da Redação

Foto: Ascom

Foto: Ascom

O ex-vereador e coordenador de Comunicação do Sindicato dos Trabalhadores Públicos Municipais do Agreste da Borborema (Sintab), Napoleão Maracajá, explicou os motivos que o levaram a deixar o PCdoB para se filiar ao Rede Sustentabilidade.

Napoleão, que pretende disputar uma vaga na Assembleia Legislativa nas eleições deste ano, declarou que saiu do PCdoB por conta da chegada do deputado estadual Inácio Falcão ao partido, fato este que inviabilizou a postulação dele e de outros colegas.

– Até sugeri que ele fosse para outro partido, sugeri a disponibilidade do Rede, e ficaríamos onde estávamos e realizaríamos uma coligação. Mas, isso não foi acatado, o partido parece que cresceu os olhos em possuir um parlamentar com mandato. Primeiro que, em tese, ele leva muito mais vantagem que eu, tem estrutura e mandato – explicou o ex-vereador, afirmando que apesar das distintas formas de fazer política, há uma boa convivência entre ele e Inácio Falcão.

Maracajá ainda ressaltou que enxerga no Rede uma aproximação com o seu perfil ideológico e que as pessoas conscientes votarão em candidatos e não em partidos.

Ao ser questionado sobre a candidata da legenda à Presidência da República, Marina Silva, Napoleão opinou que a ex-senadora deu uma ”conturbada” na caminhada política e que não se sente obrigado a votar nela para presidente.

– Não entrei no partido com obrigação de votar em Marina e nem em quem quer que seja. Se o candidato tiver um projeto que eu não concorde, não sou obrigado a votar nele. Se for essa a condição, o partido pode me expulsar. Vou votar em alguém que tenha comprometimento com o povo – sublinhou.

As declarações repercutiram na Rádio Panorâmica FM.

Veja também

Comentários

Simple Share Buttons