Fechar

Fechar

Saiba quem são os presos em operação contra corrupção na Prefeitura de Cabedelo

Da Redação. Publicado em 3 de abril de 2018 às 11:50.

A Polícia Federal e o Ministério Público da Paraíba (MPPB) investigam a participação das 11 pessoas alvos dos mandados de prisão da operação Xeque-Mate, deflagrada na manhã desta terça-feira (3) em Cabedelo, na Grande João Pessoa, para desarticular esquema de corrupção na administração pública do município no âmbito dos poderes Executivo e Legislativo.

De acordo com as investigações, o prefeito de Cabedelo, Leto Viana (PRP), a esposa dele, Jacqueline Franca, que é vereadora e vice-presidente da Câmara, e outros quatro vereadores do município de Cabedelo estão entre os investigados.

A Polícia Federal também cumpriu mandado de busca e apreensão na casa do empresário Roberto Santiago, em João Pessoa.

O grupo teria desviado pelo menos R$ 18 milhões. Um colaborador da Polícia Federal contou aos investigadores que o atual prefeito, inicialmente eleito como vice-prefeito em 2012, teria pago R$ 5 milhões ao ex-prefeito, Luceninha, para assumir o mandato.

Durante as investigações, ficou comprovada também a participação das principais autoridades públicas do município, que se beneficiavam do esquema de diversas formas, tendo registrado aumento patrimonial espantoso, muito acima do compatível com seus rendimentos, conforme informou a Polícia Federal.

Somente na aquisição de imóveis nos últimos cinco anos, verificou-se que um agente político envolvido movimentou mais de R$ 10 milhões à margem do sistema financeiro oficial.

Em um dos esquemas investigados, também foram detectados funcionários fantasmas da prefeitura e da Câmara Municipal que recebiam salários de até R$20 mil e entregavam a maior parte para as autoridades locais, ficando com valores residuais.

Ainda conforme as investigações, a primeira dama seria responsável pelos contratos fraudulentos. O casal gastou milhões em imóveis com dinheiro desviado e dispõe de um padrão de vida incompatível com a renda deles.

Foram constatadas ainda doações fraudulentas de imóveis do patrimônio público municipal, bem localizados e de alto valor para empresários locais sem que houvesse critérios objetivos para a escolha do beneficiado.

Participam da operação cerca de 200 policiais federais. Além dos 11 mandados de prisão preventivas, a ação cumpre 15 sequestros de imóveis e 36 de busca e apreensão expedidos pelo Tribunal de Justiça da Paraíba.

A Justiça decretou o afastamento cautelar do cargo de 85 servidores públicos, entre eles o prefeito e o vice-prefeito de Cabedelo, e o presidente da Câmara Municipal.

Os envolvidos responderão por formação de organização criminosa, corrupção ativa e passiva, lavagem de dinheiro e fraude licitatória. O prefeito responderá ainda por crime de responsabilidade de prefeito.

O MPPB e a PF disponibilizam o endereço eletrônico http://xequemate.mppb.mp.br para denúncias relativas à investigação.

Veja a lista dos alvos dos mandados de prisão:

Foto: Reprodução/ Internet

Wellington Viana Franca (Leto Viana) – Prefeito (foto)

Lúcio José do Nascimento Araújo – vereador e presidente da Câmara

Jacqueline Monteiro de França (esposa de Leto) – Vereadora e vice-presidente da Câmara

Tércio de Figueiredo Dornelas Filho – vereador

Rosildo Pereira de Araújo Júnior (Júnior Datele) – vereador

Antônio Bezerra do Vale Filho (Antônio do Vale) – vereador

Marcos Antônio da Silva dos Santos

Inaldo Figueiredo da Silva

Gleuryston Vasconcelos Bezerra Filho

Adeildo Bezerra Duarte

Leila Maria Viana do Amaral

Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube