Fechar

Fechar

Prefeito opina que chapa da oposição tem que atender à geopolítica da Paraíba

Da Redação de João Pessoa. Publicado em 17 de abril de 2018 às 10:59.

O prefeito do município de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSDB), voltou a falar sobre a composição da chapa da oposição e opinou para que a formação de aliança atenda à geopolítica da Paraíba, uma vez que o pré-candidato ao governo saiu da capital do Estado, como o nome de Lucélio Cartaxo, irmão do prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, ambos recém-filiados ao PV.

Para ele, tem que se tentar dialogar com os demais partidos que fazem parte do campo da oposição para construir uma situação que possa definir a totalidade da chapa em relação à questão da vaga de vice e quanto ao Senado Federal.

Foto: Paraibaonline

Foto: Paraibaonline

“Claro que nesse aspecto específico a gente compreende, até porque é legítimo a reeleição de Cássio Cunha Lima, ser mais uma vez candidato ao Senado da República”, ressaltou.

Em relação à escolha do vice, o prefeito destacou que há vários critérios para a definição de um nome. Entre eles, o imperativo do diálogo, mas sem imposições e com muita serenidade observando, sobretudo, a geopolítica da Paraíba para poder contemplar os demais partidos.

“Lucélio tem força não só na Capital, mas em toda região metropolitana. Por outro lado, tem que observar a questão da representatividade no interior do Estado. Portanto, isso tem que ser analisado sem imposição para podermos definir um nome com serenidade e chegar a uma vitória”, avaliou.

Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube