...

Campina Grande - PB

Polícia Civil apreende 60kg de maconha em Campina Grande

05/04/2018 às 18:30

Fonte: Da Redação com Secom/PB

Um trabalho investigativo realizado por policiais civis da Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE), da cidade de Campina Grande, reuniu informações que motivaram uma operação de repressão ao tráfico de drogas na manhã desta quinta-feira (5) na comunidade Vila dos Teimosos, no bairro Bodocongó, na zona oeste de Campina. Durante a ação, três pessoas foram presas e 60kg de maconha foram apreendidos.

A polícia chegou até os suspeitos Rafael de Sousa Estevam, 27 anos, Ozéias de Sousa Estevam Neto, 21 anos, e Anília Agra Afrias, 23 anos, quando investigava uma informação anônima feita para o Disque Denúncia (197) da Secretaria de Estado da Segurança e da Defesa Social (Sesds).

A pessoa informou sobre a existência de um ponto de venda de drogas na comunidade e que os donos da ‘boca de fumo’ iam receber uma grande quantidade de maconha esta semana.

A partir dessa informação, os agentes de investigação iniciaram os levantamentos na área e identificaram a casa dos suspeitos.

Foi realizada uma campana para observar o movimento no local e no início da manhã os investigados foram surpreendidos com a chegada dos policiais.

Durante a revista na casa dos irmãos Rafael e Ozéias, foram encontrados escondidos em um dos quartos 40kg de maconha. A droga prensada estava dividida em tabletes e embalada com fita isolante.

Foto: Secom/PB

Foto: Secom/PB

No local, a polícia também achou uma balança, crack, uma pistola 357, com seis munições do mesmo calibre e várias peças de roupas que, segundo os levantamentos policiais, foram roubadas de uma loja de Campina Grande que foi arrombada há poucos dias.

Ainda foram apreendidos os aparelhos celulares dos suspeitos, dinheiro trocado, faca e um perfurador. Todo o material foi encaminhado para a Delegacia junto com os presos.

Durante os depoimentos os investigados acabaram revelando a existência de mais droga. De acordo com eles, ela estava escondida no quintal da casa.

Os policiais voltaram a residência dos irmãos Rafael e Ozéias e no local indicado pelos presos, um vão no final da casa protegido por madeira e fechado com telhas de amianto estavam mais 20kg de maconha dentro de sacolas plásticas. A droga estava dividida em tabletes e embalada com fita e papel alumínio.

Os presos foram ouvidos pelo delegado Ramirez São Pedro e autuados por tráfico e associação para o tráfico de drogas, posse ilegal de arma de fogo de uso restrito e receptação.

Eles estão na carceragem da Central de Polícia no bairro do Catolé aguardando para serem encaminhados para a audiência de custódia.

Veja também

Comentários

Simple Share Buttons