Fechar

logo

Fechar

PEN cogita retirar ação que reabre discussão sobre prisão em 2ª instância

Da Redação*. Publicado em 10 de abril de 2018 às 8:20.

Autor de uma das ações que tentam impedir a possibilidade de cumprimento de pena após condenação em segunda instância, o PEN/Patriotas decidiu retirar o pedido de liminar protocolado na semana passada e que pode ser levado amanhã ao plenário do Supremo Tribunal Federal pelo ministro Marco Aurélio Mello (foto), informa o jornal O Estado de São Paulo.

O partido quer evitar que a medida venha a beneficiar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, condenado e preso pela Lava Jato.

“Somos de direita e não temos nada a ver com Lula”, disse o presidente do partido, Adilson Barroso.

Ele pretende destituir o advogado Antonio Castro, o Kakay, que defende implicados na Lava Jato e entrou com a ação direta de constitucionalidade e com o pedido de liminar contra a prisão em segunda instância em nome do partido.

*fonte: estadão

Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube