Fechar

Fechar

“Não vou abordar os erros da condução do processo”, diz prefeito sobre oposição

Da Redação. Publicado em 9 de abril de 2018 às 15:29.

O prefeito de Campina Grande Romero Rodrigues (PSDB), que anunciou no último sábado (7) que vai continuar no cargo, agradeceu aos apoiadores do seu nome, quando pretendia se candidatar ao governo do Estado.

Segundo ele, “ficou muito em cima” para renunciar ao mandato, mas que se mantém na oposição e que será um colaborador para construir um “novo processo para a Paraíba que dialogue mais com a população”.

Romero destacou que quer ficar em paz com todos e que um passo foi dado no sentido de aproximar a oposição.

Foto: Leonardo Silva

Foto: Leonardo Silva

– Abriu-se uma possibilidade. Como construir essa nova possibilidade? Vamos tentar, a partir de agora, observar as falhas e os erros sem apontar culpados. A decisão é muito minha e não quero transferir a responsabilidade para quem quer que seja, dos erros que possam ter acontecido. Portanto, serenidade. Não vamos apontar culpados e não quero, de certa forma, abordar os erros da condução do processo, porque se olharmos para trás não vamos conseguir olhar pra frente e construir o que todos nós objetivamos, que é unir ao máximo a oposição e buscar a vitória nas eleições – explanou.

Em relação a chapa que será montada pela oposição e nomes cotados como o de Pedro Cunha Lima (PSDB) e Lucélio Cartaxo (PV), o prefeito opinou que ambos têm uma grande importância política, mas que isso deve ser conversado com todo o grupo, já que há outros nomes que despontam no quadro.

Sobre a possibilidade de sua esposa, Micheline Rodrigues, vir a disputar um cargo na chapa majoritária da oposição, Romero frisou que não é pretensão dela participar, mas que se for necessário contribuir o nome dela estará a disposição.

As declarações repercutiram na Rádio Correio FM.

Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube