Fechar

logo

Fechar

MPPB recomenda exoneração de servidores citados na “Operação Xeque-mate”

Da Redação com Ascom. Publicado em 4 de abril de 2018 às 14:59.

O Ministério Público da Paraíba vai recomendar a exoneração de todos os servidores citados na Operação Xeque-mate”.

Desde a última terça-feira (03), a Justiça determinou o afastamento de 85 pessoas acusadas de integrarem “um modelo de governança corrupto”, alvo da investigação conjunta do Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco) e Polícia Federal (PF).

A recomendação à nova gestão municipal que será expedida, nos próximos dias, pela Promotoria de Justiça de Cabedelo, não atingirá o chefe do Executivo municipal e os vereadores investigados, que seguem afastados, mas responderão a processos administrativos diferenciados, porque têm mandatos.

Na representação do MPPB e da PF à Justiça, foi pedido o afastamento cautelar de todos os agentes políticos e servidores que contribuíram para o esquema e também os que atuavam como ‘fantasmas’.

Alguns desses estão entre os 11 presos na operação. Todos foram afastados cautelarmente para o bem da coletividade, “a fim de estancar a prática reiterada do crime delineado no artigo 2º da Lei 12.850/2013, no âmbito da administração pública municipal”.

Foto: Ascom

Foto: Ascom

Com o cumprimento da medida pelos setores de recursos humanos da Prefeitura e da Câmara espera-se evitar que os envolvidos utilizem as funções ocupadas para novas práticas de infrações penais, inclusive, destruindo possíveis provas às quais teriam acesso no exercício de seus cargos.

A operação

Na operação, foram cumpridos 11 mandatos de prisão (dentre eles do prefeito de Cabedelo, Wellington Viana França, da primeira-dama e mais nove pessoas, sendo cinco vereadores), 36 mandatos de busca e apreensão e 15 sequestros de imóveis.

A ação conjunta do MPPB e PF partiu de uma colaboração premiada. Durante cerca de um ano foram feitas várias investigações para a coleta de provas.

Durante o processo, foram identificados desvio e lavagem de dinheiro público, através da contração de servidores fantasmas; doações fraudulentas de terrenos e atuação de ‘laranjas’ para ocultação de bens, dentre outros crimes.

Os envolvidos responderão por formação de organização criminosa, corrupção ativa e passiva, lavagem de dinheiro e fraude licitatória. O prefeito responderá ainda por crime de responsabilidade.

Confira a lista de todos os afastados, incluindo os servidores que deverão ser exonerados por recomendação do MPPB:

  1. Wellington Viana França, prefeito de Cabedelo*
  2. Jacqueline Monteiro França, vereadora e primeira-dama*
  3. Felipe Monteiro França, secretário-adjunto de Transporte
  4. Lúcio José do Nascimento Araújo, presidente da Câmara*
  5. Marcos Antônio Silva dos Santos, empresário*
  6. Inaldo Figueiredo da Silva, presidente da Comissão de Avaliação de Imóveis*
  7. Tércio de Figueiredo Dornelas Filho, vereador*
  8. Rosildo Pereira de Araújo Junior (Júnior Datele), vereador*
  9. Antônio Bezerra do Vale Filho, vereador*
  10. Gleuryston Vasconcelos Bezerra Filho, operador financeiro de Junior Datele*
  11. Adeildo Bezerra Duarte, operador financeiro*
  12. Leila Maria Viana do Amaral, servidora da Câmara*
  13. Paulo Roberto Freire Vital
  14. Carlos Vinícius Campos e Silva
  15. Erivaldo de Almeida Silva
  16. Maurício Chaves
  17. Tácio Silva Nóbrega de Oliveira
  18. Júnior Ferreira Sales
  19. Alexandre da Silva Soares
  20. Frank Rodrigo dos Santos Souza, servidor da GM
  21. Tatiana Matias Germano
  22. Joselito dos Santos Santana
  23. Adriano Kleber da Penha Silva
  24. Luan Paulo da Silva Santos
  25. Mônica Ribeiro de Oliveira
  26. Alexandro Ferreira Barbosa
  27. Eduardo Cunha Carneiro Braga
  28. Delsuíta Ferreira Vital
  29. Maria José Barbosa Monteiro
  30. Cleverlândio de Almeida Gomes
  31. Edilson Matos de Paiva
  32. José Correia de Araújo Filho
  33. Almir José de Carvalho
  34. Maria Odicélia Neves Silva
  35. Janaína da Silva Targino
  36. Ana Cláudia Ferreira da Cunha
  37. Marcos Valério Dantas de Figueiredo
  38. Francisco Ferreira Duarte Júnior
  39. Pedro Américo da Silva Filho
  40. Márcio Bezerra da Costa
  41. Fábio de Oliveira
  42. Aliberto Florêncio de Oliveira
  43. Lindiane Mirela Alves de Medeiros
  44. Flavianna Cristina Medeiros de Lucena
  45. Érika Moreno de Gusmão
  46. Francisco Rogério Santiago Mendonça
  47. Simone Medeiros Beserra
  48. Luciene Silva dos Santos
  49. Ana Emília Guedes da Silva
  50. Iris Rodrigues da Silva
  51. Géssica Fernandes Guedes da Silva
  52. Cristiana Maria Pereira Dantas
  53. Josenilda de Moura Santos
  54. Luiz Henrique Cavalcanti
  55. Severino Guedes Vidal
  56. Luiz Augusto Ferreira Monteiro
  57. Jocemar Cláudio de Farias Pereira
  58. Flávia Vanucy de Oliveira Santos
  59. Cátia Severina da Silva Freitas
  60. Janielle da Silva
  61. Eliane Pereira de Sousa
  62. Joelma Milena Souza Alves
  63. Marlene Apolinário da Costa
  64. Maria Sandra dos Santos
  65. Sérgio Marcos de Araújo
  66. Tatianna Henriques Pinto de Brito
  67. Antônio de Lima Silva
  68. Ivoneide Nascimento dos Santos
  69. Lara Louise Lisboa Cavalcanti Farias
  70. Maria Lúcia Dantas de Meço
  71. Gilvan Mirando Lima Monteiro
  72. Paulo Renato Silva do Rego Monteiro
  73. Gilvan Oliveira Lima de Rego Monteiro
  74. Ananery Maria Moreira da Silva Tejo
  75. Rodrigo Luís de Lima Ferreira
  76. Wagner Rogério Fernandes Silva
  77. Jaisa Cristina Assis Mendes
  78. Isabel Cristina Silva Cunha Ferreira
  79. André Alexandre de Lucena
  80. Kellybeth Fidelis de Araújo Onofre
  81. Flávio de Oliveira
  82. Rosivaldo Alves Barbosa
  83. Josué Pessoa de Góes
  84. Belmiro Mamede da Silva Neto
  85. Antônio Moacir Dantas Cavalcanti Junior, vereador

(*)Presos na Operação Xeque-mate

Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube