Fechar

Fechar

Coordenador na Unifacisa comenta suspensão de novos cursos de medicina pelo MEC

Da Redação. Publicado em 14 de abril de 2018 às 22:27.

Foto: Reprodução/ Internet

Foto: Reprodução/ Internet

O Ministério da Educação suspendeu, por cinco anos, a criação de novos cursos de medicina no país.

De acordo com o coordenador dos cursos da área de saúde de Unifacisa, Antônio Henriques, a decisão foi acertada, pois em 2014 houve grande aumento nas ofertas de vagas e aberturas de novos cursos, mas a estrutura é limitada e, segundo ele, há lugares que não tem suporte nenhum para a formação dos profissionais.

– Isso tem causado temor na Sociedade Médica Brasileira. É uma medida correta e importante e esperamos que esses novos cursos, que foram criados em locais sem estruturas, que seja reavaliados no sentido de não haver prejuízo na formação desses novos médicos – avaliou.

Ele disse que muitos das localidades onde foram abertos novos cursos, sequer tem uma estrutura no atendimento de saúde para dar suporte aos alunos, durante a formação deles.

Antônio ressaltou ainda que no Brasil não há uma carência de profissionais, mas sim uma má distribuição dos médicos, tendo em vista que a carreira no interior dos estados e na atenção básica não é estimulante e não existe um plano de carreira para a categoria médica.

– Não existe condições e qualidade de trabalho e nem boa remuneração, pois tudo fica por conveniência dos políticos.

*Informações da Rádio Campina FM

Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube