Fechar

Fechar

Coluna de Arlindo Almeida: Rouba, maz faz

Da Redação. Publicado em 15 de abril de 2018 às 21:47.

*Por: Arlindo Almeida

Por todo o mundo, a questão da corrupção e da roubalheira se faz presente. Em alguns países, menos, em outros o excesso é a marca. É rara, mas há a presença do político que rouba, mas é competente e faz coisas de interesse da população.

Estudos revelam que esse entendimento é uma espécie de ópio de natureza psicológica, que adormece e vicia o cidadão. Por isso mesmo, não exerce ele a seletividade entre o certo e o errado na hora de votar.

Ou, o que é pior, vende o seu voto ao corrupto, que lhe paga com seu próprio dinheiro, pago através do tributo que lhe é surripiado.

Para uma parcela significativa da população, que tem plena consciência das coisas, é um prato de difícil digestão essa de votar em ladrão. Outros, porém, pensam apenas nos benefícios pessoais e imediatos, que já receberam ou pensam em receber futuramente. O pensamento destes é de que o seu candidato rouba, mas faz.

Clique aqui e confira a coluna na íntegra

Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube