Fechar

Fechar

Pré-candidato ao Senado diz que forças de esquerda devem apresentar alternativas

Da Redação. Publicado em 14 de março de 2018.

Foto: Paraibaonline

O pré-candidato a senador pelo PSOL, Nelson Júnior, afirmou que o país hoje vive um golpe, desde a saída da presidente Dilma Rousseff (PT).

Segundo ele, o resultado do governo do presidente Michel Temer mostra os resultados do golpe, com tropas nas ruas e a PEC dos gastos, além das reformas trabalhistas, que já foi aprovada, e da previdência, que ainda não foi votada.

– É importante que o setor de esquerda apresente alternativas à política que está dada aí. Foi nessa perspectiva que disponibilizei meu nome – destacou.

Nelson afirmou que o partido está se articulando e discutindo projetos de governo para debater com a sociedade paraibana, que tem como pré-candidato ao governo o sindicalista Tarso Teixeira.

Ele avaliou as outras pré-candidaturas ao governo e ponderou que estas são “candidaturas para perpetuar o poder de algumas famílias”.

– Pessoas que estão no poder há muito tempo e a ideia é fazer perpetuar esse poder de pai para filho. Nós do PSOL vamos fazer esse debate de forma muito clara, sem desmerecer ninguém, mas que o espaço de representação, seja do governo ou do senado, seja ocupado por quem tem feito o debate com a população, e não simplesmente doar de presente mandatos para sucessões familiares – explanou.

As declarações repercutiram na Rádio Correio FM, nesta quarta-feira, 14.

Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube