Fechar

Fechar

Janela partidária movimenta ‘troca-troca’ de partido entre políticos paraibanos

Da Redação de João Pessoa (Hacéldama Borba). Publicado em 12 de março de 2018.

Aberta desde o dia 08, a chamada janela partidária vem movimentando o ‘troca-troca’ de partidos entre os deputados federais e estaduais paraibanos, que vão disputar as eleições de outubro por outra legenda, sem correr o risco de perder o mandato por infidelidade partidária.

Muito embora o prazo só se encerre no dia 06 de abril, a corrida tem sido antecipada.

O deputado federal André Amaral, que era do MDB, migrou para o PROS em busca da titularidade, já que ele assumiu o mandato como suplente por conta da saída de Manoel Júnior.

Os emedebistas que também deverão deixar a legenda são os deputados, federal e estadual, respectivamente, Hugo Motta e Nabor Wanderley .

Eles irão para o PRB, presidido na Paraíba pelo deputado Jutay Meneses.

Outro do MDB cotado para deixar a sigla partidária do qual é filiado há quase duas décadas, é o deputado federal Veneziano Vital do Rego.

Ele deve se filiar ao Podemos, presidido pelo vereador campinense Galego do Leite.

Foto: Reprodução/Agência O Dia

Foto: Reprodução/Agência O Dia

O suplente de deputado estadual Arthur Cunha Lima deixou o PRTB e ingressou no PRP, partido que é presídio pelo prefeito Léo Viana do município de Cabedelo, onde deputado se elegeu vereador e é da base do prefeito e aliado do governador Ricardo Coutinho (PSB).

Depois de 22 anos acomodado no ninho dos tucanos, o deputado Antônio Mineral também resolver cair fora e ficar de fato e de direito no PSB, já que na Assembleia Legislativa ele destoava da bancada do PSDB como aliado do governador.

Mineral vai disputar a reeleição com vários colegas de peso da legenda, entre eles: Ricardo Barbosa, Adriano Galdino, Buba Germano, Hervázio Bezerra e Estela Bezerra.

Os deputados estaduais, Trócolli Júnior e Lindolfo Pires, ambos filiados ao PROS, também pensam em mudar de partido, mas ainda não se decidiram para qual irão ingressar para disputar a reeleição.

Já o deputado Inácio Falcão, que foi convidado a deixar o Avante, ainda não se decidiu sobre qual partido irá se filiar.

Aliás, ele e o deputado Tião Gomes figuram na lista dos deputados da Assembleia Legislativa como sem partido.

O deputado Guilherme Almeida também deverá deixar o PSC. O deputado está entre o MDB e o Solidariedade, mas frisou que está avaliando qual será o mais viável para a vitória, uma vez que, na última eleição ficou como suplente.

O deputado Zé Paulo, que foi eleito pelo PC do B, mudou-se para o PSB, e agora pretende mudar novamente de legenda.

A deputada Estela Bezerra está avaliando também se fica ou não no PSB para tentar a reeleição.

Ela tem uma grande concorrente ao cargo nas eleições de outubro, que é a secretária de Estado, Cida Ramos.

Ambas, praticamente, têm a mesma base eleitoral em várias regiões do Estado, além de João Pessoa.

O Partido dos Trabalhadores está na mira da deputada.

Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube