Fechar

Fechar

Coluna de Padre Assis: Converter-se ao Amor

Da Redação. Publicado em 10 de março de 2018.

 

*POR: Padre Assis

No nosso itinerário quaresmal, chegamos à quarta semana. A Sagrada Liturgia nos convida a uma atitude de alegre esperança, a olhar para o alto e contemplar Jesus levantado na Cruz, sinal permanente da Aliança e gesto supremo do Amor de Deus. Diante desse sinal como ficar indiferentes?

Mas, contemplar a Cruz de Jesus não é simplesmente olhar com devoção e piedade para o crucifixo. Quem tem a coragem de olhar com fé para o Cristo erguido no alto da cruz? O autor do quarto evangelho recorda-nos que a subida de Cristo à Cruz não é humilhação, mas exaltação.  

O evangelho deste domingo (cf. Jo 3,14-21) nos relata um diálogo de Jesus com Nicodemos. No silêncio da noite, oculto na escuridão, este homem ilustre, pertencente ao “sinédrio”, elite do judaísmo e “mestre” em Israel, conversa com Jesus, o jovem rabino de Nazaré cuja fama havia se espalhado rapidamente.

Diante dos olhos de Nicodemos se abre um panorama totalmente novo e grandioso, uma doutrina nova. Jesus lhe fala de uma forma simbólica o que iria acontecer no Calvário: “Como Moisés levantou a serpente no deserto, assim é necessário que seja levantado o Filho do Homem, a fim de que todo aquele que crer tenha nele vida eterna” (v.14). Jesus aqui evoca um fato dramático ocorrido ao povo de Israel durante a travessia do deserto; serpentes venenosas matavam muitas pessoas.

Continue lendo a coluna aqui 

Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube