Fechar

logo

Fechar

Ricardo mostra resistência em deixar o governo: “Quem foi eleito fui eu”

Da Redação de João Pessoa (Hacéldama Borba). Publicado em 28 de fevereiro de 2018 às 15:20.

O governador do Estado, Ricardo Coutinho (PSB), mais uma vez, se mostrou resistente em revelar se vai ou não se afastar do governo para disputar uma vaga no Senado Federal nas eleições de outubro, cuja decisão beneficiaria a vice-governadora Lígia Feliciano (PTB), que buscará imprimir um novo governo sob sua administração.

Tudo indica que o gestor só tomará a decisão na undécima hora do dia 7 de abril, prazo previsto pela legislação eleitoral para desincompatibilização dos cargos para quem vai disputar as eleições.

Foto: Paraibaonline

Foto: Paraibaonline

Ele disse que ainda não conversou com a vice-governadora sobre o assunto e que a sua decisão é para não por em risco em absoluto o equilíbrio do governo, que estará sob a responsabilidade dele até o último dia.

O governador avisou ainda que ninguém pense que vai passar a perna e que vai mudar isso ou aquilo do seu governo, porque isso não está em discussão.

“Não tem novo governo. Não existe essa ideia. Não existe essa possibilidade. Não existe essa coisa de alguém chegar e dizer que em abril vai mudar tudo. Não vai mudar nada, porque esse governo vem dando conta porque quem foi eleito, fui eu. Eu represento um projeto e foi esse que ganhou as eleições, derrotando um projeto antiquado, ultrapassado, algo que não serviu e hoje, não serve muito menos para a Paraíba. Então, eu sou governante até dezembro, governarei com a maior alegria porque foi a melhor coisa que eu fiz na minha vida até hoje”, avaliou.

Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube