...

Campina Grande - PB

Nonato: Quem tem três ou quatro candidatos, mostra que não tem projeto único

05/02/2018 às 21:27

Fonte: Da Redação

Foto: Paraibaonline

O chefe de Gabinete do Governo do Estado, Nonato Bandeira do PPS, comentou sobre o grupo formado pelo seu partido, REDE, PRTB e PPL, que devem seguir juntos para coligação na proporcional, para eleger deputados estaduais e federais.

Nonato disse que os partidos fazem parte da base de Ricardo Coutinho, mas ainda é preciso conversar com todos para conhecer quais os rumos os partidos devem tomar.

Ele disse que não pode falar por nenhum partido que não seja o dele e que as decisões de apoios vão ser definidas nas convenções individuais, mas, segundo o secretário, a maioria está afinada para apoiar o pré-candidato do governador.

– Os partidos têm simpatia pelo nome de João Azevedo. Agora o secretário precisa construir isso junto aos partidos. Posso falar da parte do PPS, a maioria quer o nome de João Azevedo. Senti um crescimento muito forte, principalmente do Sertão para Campina, com relação a João, temos notado isso através de visitas nas regiões. As pessoas querem a continuidade do projeto de Ricardo Coutinho através do secretário João Azevedo, mas cada partido vai fazer isso no momento certo, em suas agremiações – disse ele.

Quando assunto é a candidatura das oposições, Nonato acredita que não existe um projeto definido entre os nomes que se colocam.

– A oposição não tem projetos, eles ficam batendo cabeça exatamente porque não tem um coisa que os uma, diferente da candidatura do governo, que tem projeto e defende claramente a continuidade deste. Quem tem três ou quatro candidatos, mostra que não tem projeto único – disse.

*Informações da Rádio Campina FM

Veja também

Comentários

Simple Share Buttons