Fechar

logo

Fechar

Napoleão acusa CMCG de modificar data base do magistério de forma inconstitucional

Da Redação. Publicado em 22 de fevereiro de 2018 às 13:20.

Foto: Ascom

Foto: Ascom

O diretor de Comunicação do SINTAB, Napoleão Maracajá, afirmou que a Câmara Municipal de Campina Grande aprovou de forma inconstitucional a modificação da data base do magistério de Campina Grande e lamentou que os vereadores tenham tentado se sobrepor a uma lei federal, que estabelece o reajuste a partir do mês de janeiro de cada ano.

Ele mencionou que o prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSDB), utilizou uma de suas redes sociais para “desdizer” o que a Câmara havia estabelecido, declarando que vai pagar o retroativo do mês e janeiro aos professores.

Napoleão classificou a atitude dos vereadores como “jogada ensaiada para que o prefeito saísse bem na fotografia” e criticou a postura de quase todos que compõem a Câmara campinense.

– O prefeito teve que desdizer o que a Câmara fez, desmoralizando mais uma vez a Câmara perante a opinião pública – disse.

O sindicalista ressaltou que a primeira assembleia do ano está mantida para a próxima segunda-feira (26), na AABB, e assegurou que nenhum professor será prejudicado.

As informações foram concedidas à Rádio Caturité AM.

Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube