Fechar

Fechar

Médicos da FAP paralisam atividades por falta de repasse do SUS

Da Redação*. Publicado em 9 de fevereiro de 2018 às 8:18.

Pelo menos 74 médicos da Fundação Assistencial da Paraíba (FAP) cruzaram os braços nessa quinta-feira, 8, e não devem realizar cirurgias oncológicas na unidade, devido à falta de pagamento, que se estende desde setembro de 2017.

Segundo o presidente da Fundação, Helder Macedo, a Secretaria de Saúde de Campina Grande é a detentora dos recursos do SUS no município, mas não repassou o montante completo para a unidade, por isso a incapacidade de realizar os pagamentos aos profissionais.

Foto: Paraíbaonline

Foto: Paraibaonline

– O que foi repassado do recurso do SUS foi apenas 45% e temos ainda 55% para recebermos, esse valor gira em torno de R$ 1 milhão e 200 mil e estamos com a folha de pagamento para início de fevereiro comprometida. A secretaria repassou uma parte menor dos recursos referente ao mês de janeiro, mas até agora estamos aguardando o restante até essa sexta-feira – disse.

Helder disse que recebeu um ofício dos médicos da unidade de que ontem seria dado início à paralisação, o que compromete especialmente a cirurgia de câncer.

Ele disse que os serviços de maior complexidade serão transferidos para outros hospitais, e os que forem de menor serão remarcados.

A assessoria da Secretaria de Saúde de Campina Grande informou que hoje será realizado um repasse no valor de R$ 400 mil e que até a próxima semana o restante do valor devido será quitado.

*Informações da Rádio Campina FM
Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube