Fechar

logo

Fechar

Coluna de Noaldo Ribeiro: O destino do Carnaval

Da Redação. Publicado em 27 de fevereiro de 2018 às 11:12.

Foto: Ascom

O Carnaval de Campina Grande já foi objeto de desejo de multidões. Até o final da década de 1970, do século passado, velhos, jovens e crianças sonhavam o ano inteiro com, a então, principal festa da cidade.

Na periferia, a gurizada se esbanjava no entrudo, brincadeira de mela-mela (herança portuguesa). A guerra de farinha, a cara da molecada branquinha. Bombas de sucção, improvisadas com cano de PVC, municiadas d’água, às vezes de esgoto, era a grande diversão. Patotas saíam pela cidade, fantasiadas de papangus – mascarados conhecidos em outras plagas como Clovis.

CONTINUE LENDO AQUI

Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube