Fechar

Fechar

Chuva em 161 municípios anima paraibanos, mas o volume ainda é baixo

Da Redação. Publicado em 2 de fevereiro de 2018 às 23:40.

Foto: Paraibaonline

O último mês de janeiro foi marcado pelo registro de chuvas em 161 municípios da Paraíba dos quais 20 apresentaram índices pluviométricos acima de 100 milímetros, o que representa também a alegria de muitas pessoas que estavam sofrendo com a falta de água.

Essas chuvas banharam 72% do território paraibano, mas apesar de terem caído em mais da metade dos municípios do estado, 86,9% dos locais com incidência de chuvas obtiveram índices abaixo da média histórica prevista para essa época do ano.

Os dados são da Agência Executiva de Gestão das Águas (AESA) e mostram que dos 161 municípios da Paraíba onde as chuvas foram registradas, apenas 21 obtiveram índices pluviométricos acima da média histórica estimada para o mês de janeiro, de modo que 140 apresentaram índices abaixo do que era esperado, levando em consideração os números disponibilizados no site do órgão.

Segundo a meteorologista da AESA, Marle Bandeira, as chuvas registradas em janeiro desse ano ocorrem pela influência do fenômeno La Niña de intensidade fraca, que implica no resfriamento das águas do Oceano Pacífico, alterando um pouco as condições climáticas por induzir a um favorecimento da ocorrência de chuvas no semiárido do Nordeste.

“Janeiro não foi um mês chuvoso, com algumas regiões abaixo da média e outros pontos acima. Foi caracterizado por chuvas irregulares”, explicou a meteorologista, em entrevista à rádio Campina FM, ao fazer um panorama geral sobre as chuvas registradas no mês que passou.

O maior índice pluviométrico foi o do município de Itaporanga, no Sertão da Paraíba, que registrou 305,7 mm de chuvas, 222,7 mm a mais do que a média histórica para essa época do ano, que é de 83 mm. Apenas no dia 27 de janeiro a AESA registrou 212 mm de chuva.

Seguidos de Itaporanga, aparecem como locais que registraram as maiores precipitações de janeiro os municípios de Carrapateira (217 mm) e Cajazeirinhas (155 mm), no Sertão, Alhandra (150,9 mm) na Mata Paraibana, e Serraria (150,4 mm), no Agreste.

Os menores índices foram verificados em Arara (0,6 mm) e Barra de Santa Rosa (3,3 mm), no Agreste, Taperoá (3,3 mm), no Cariri, Boa Vista (4,6 mm), no Agreste, Uiraúna (5,0 mm) e São José do Brejo do Cruz (6,5), no Sertão.

Conforme a meteorologista Marley Bandeira, estamos em um período de pré-estação chuvosa e o cenário é animador, se comparado ao ano de 2017, quando estávamos sob a influência do El Niño, que é caracterizado pelo aquecimento anormal das águas superficiais do Oceano Pacífico Tropical e altera os regimes de chuva em regiões tropicais e de latitudes médias.

Confira a lista com os municípios paraibanos onde foram registradas chuvas no mês de janeiro de 2018:

Município Volume Observado (mm) Média histórica para o mês (mm)
Agua Branca 30,8 63,9
Aguiar 63,0 101,0
Alagoa Grande 45,7 60,5
Alagoa Nova 69,2 72,6
Alagoinha 80,2 N.I (Não Informado)
Alcantil 44,0 N.I
Alhandra 150,9 65,9
Aparecida 36,0 82,6
Arara 0,6 N.I
Araruna 47,2 48,8
Araçagi 76,2 58,3
Areia 65,7 67,0
Areia de Baraúnas 73,2 N.I
Areial 19,7 N.I
Assunção 38,0 N.I
Bananeiras 33,0 61,0
Barra de Santa Rosa 3,3 12,5
Belém 81,4 N.I
Belém do Brejo do Cruz 58,3 60,7
Bernardino Batista 63,5 N.I
Boa Ventura 38,7 112,5
Boa Vista 4,6 26,0
Bom Jesus 77,7 N.I
Bom Sucesso 63,6 N.I
Bonito de Santa Fé 103,0 105,9
Boqueirão 27,9 31,0
Borborema 96,7 N.I
Brejo do Cruz 51,2 72,5
Brejo dos Santos 84,8 N.I
Cabaceiras 30,7 15,6
Cabedelo 74,0 N.I
Cachoeira dos Índios 84,9 N.I
Cacimba de Areia 52,0 N.I
Cacimba de Dentro 24,4 30,5
Caiçara 44,1 51,6
Cajazeiras 52,0 N.I
Cajazeiras 99,4 101,4
Cajazeirinhas 155,0 N.I
Campina Grande 64,0 38,3
Capim 122,5 N.I
Carrapateira 217,0 N.I
Catingueira 62,0 84,7
Catolé do Rocha 120,9 71,2
Conceição 51,2 103,1
Condado 133,0 71,4
Congo 30,0 29,7
Coremas 42,6 94,1
Coxixola 13,0 39,6
Cruz do Espírito Santo 111,1 84,0
Cubati 23,5 N.I
Cuité 32,3 53,6
Curral Velho 149,0 N.I
Desterro 60,4 35,4
Diamante 59,4 N.I
Dona Inês 56,3 N.I
Duas Estradas 8,7 N.I
Emas 77,3 N.I
Esperança 40,2 N.I
Esperança 16,6 N.I
Fagundes 47,6 38,8
Guarabira 71,7 65,0
Gurinhém 48,2 N.I
Ibiara 69,6 131,0
Igaracy 91,0 N.I
Imaculada 31,0 53,5
Ingá 30,0 34,9
Itabaiana 52,5 38,9
Itaporanga 305,7 83,0
Itapororoca 27,9 N.I
Jacaraú 56,5 50,0
Jericó 76,1 85,5
Joca Claudino 49,4 N.I
João Pessoa 89,1 80,1
Juarez Távora 52,4 N.I
Juazeirinho 34,3 34,5
Junco do Seridó 25,7 N.I
Juru 63,6 96,0
Lagoa 93,0 N.I
Lagoa Seca 92,3 N.I
Logradouro 29,0 N.I
Malta 46,4 66,4
Mamanguape 80,7 77,0
Manaíra 93,7 80,6
Mari 134,8 N.I
Marizópolis 64,3 N.I
Mataraca 103,8 104,2
Mato Grosso 60,7 N.I
Mogeiro 23,0 N.I
Montadas 21,9 N.I
Monte Horebe 102,8 N.I
Monteiro 73,0 N.I
Mãe D`Água 12,8 68,6
Natuba 31,5 N.I
Nazarezinho 72,0 105,4
Nova Floresta 35,3 N.I
Nova Palmeira 14,6 N.I
Olho D`Água 53,8 111,7
Olivedos 19,6 28,1
Ouro Velho 12,9 N.I
Parari 11,2 N.I
Passagem 10,8 70,4
Patos 40,4 N.I
Paulista 69,0 N.I
Pedra Branca 55,0 N.I
Pedra Lavrada 10,8 23,6
Piancó 26,4 81,5
Pilões 85,9 N.I
Pocinhos 17,1 20,7
Pombal 59,4 73,7
Poço Dantas 15,0 N.I
Poço de José de Moura 49,9 N.I
Princesa Isabel 33,2 86,8
Puxinanã 51,4 N.I
Quixaba 34,1 N.I
Remígio 39,5 N.I
Riacho dos Cavalos 57,4 69,8
Rio Tinto 123,9 N.I
Salgadinho 9,4 32,1
Salgado de São Félix 43,2 N.I
Santa Cruz 76,5 N.I
Santa Helena 111,2 N.I
Santa Inês 64,2 N.I
Santa Luzia 27,1 44,5
Santa Teresinha 62,6 74,8
Santana de Mangueira 91,3 N.I
Santana dos Garrotes 54,0 84,0
Sapé 31,8 48,9
Serra Branca 6,8 32,1
Serra da Raiz 61,0 N.I
Serra Grande 138,3 100,8
Serra Redonda 25,5 N.I
Serraria 150,4 75,4
Sobrado 62,5 N.I
Soledade 16,9 23,0
Solânea 23,2 N.I
Sousa 7,5 88,5
Sousa 62,4 96,0
São Bentinho 68,4 N.I
São Bento 43,1 N.I
São Domingos 126,1 N.I
São Domingos do Cariri 46,3 N.I
São Francisco 82,4 87,8
São José de Caiana 15,0 N.I
São José de Espinharas 74,6 83,2
São José de Piranhas 136,8 123,2
São José de Princesa 36,1 N.I
São José do Bonfim 37,7 N.I
São José do Brejo do Cruz 6,5 N.I
São José do Brejo do Cruz 81,8 N.I
São José do Sabugi 130,9 N.I
São José dos Cordeiros 8,7 23,6
São José dos Ramos 84,1 N.I
São João do Cariri 11,8 25,8
São João do Tigre 9,5 36,0
São Mamede 31,0 68,5
São Sebastião do Umbuzeiro 18,0 55,8
Taperoá 3,3 34,1
Tavares 66,8 N.I
Teixeira 58,6 66,9
Triunfo 89,6 N.I
Uiraúna 5,0 90,2
Vieirópolis 27,8 N.I
Vista Serrana 79,2 41,4
Várzea 17,3 N.I
Zabelê 15,0 N.I
Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube