...

Campina Grande - PB

Atingido por disparo acidental, morre em Gaza fundador do Hamas

30/01/2018 às 9:51

Fonte: Agência Brasil

Um dos fundadores do movimento islâmico Hamas, Emad Alami, morreu nesta terça-feira (30) em decorrência dos ferimentos provocados por uma bala na cabeça que ele mesmo disparou acidentalmente no início do mês, em sua casa na Faixa de Gaza.

Alami, engenheiro nascido na cidade de Gaza em 1956, permanecia internado no hospital em estado crítico desde 9 de janeiro, e hoje o movimento islâmico anunciou sua morte em um comunicado.

As primeiras informações daquele dia deram Alami como morto e falavam em uma tentativa de assassinato, fato que mais tarde foi esclarecido pelo Hamas, ainda que sem detalhes, o que deu margem para especulações sobre o ocorrido, inclusive sobre a possibilidade de tentativa de suicídio, como lembrou hoje o jornal Times of Israel.

“As mais sinceras condolências para a família Alami pela morte de Emad Alami, um dos líderes do Hamas. Que sua alma descanse em paz”, declarou hoje a organização islâmica.

O movimento islâmico convocou os cidadãos para uma prece após a oração do meio-dia na Grande Mesquita de Gaza e informou que o velório ocorrerá na Casa da Cultura na praça de Saraya.

Foto: Reprodução/ Internet

Alami, conhecido também como Abu Hamam, foi um dos fundadores do Hamas e primeiro representante do movimento no Irã durante a década de 1990, Nas eleições do ano passado, foi reeleito membro do Politburo.

Detido por Israel e deportado em 1994, viveu em vários países até retornar à Faixa em 2011, onde ocupou diversos cargos na organização, entre eles a vice-presidência, ainda que sempre tenha mantido um perfil discreto e longe dos meios de comunicação.

Em 2014, ficou ferido e perdeu uma das pernas em um bombardeio israelense ao túnel onde se refugiava durante uma ofensiva militar em Gaza.

Veja também

Comentários

Simple Share Buttons