...

Campina Grande - PB

Farmacêuticos aderem à greve nacional e fazem protesto no Centro de João Pessoa

06/12/2017 às 7:58

Fonte: Da Redação de João Pessoa

Os farmacêuticos de João Pessoa promoveram nessa terça-feira (5), um protesto pelas ruas centrais da cidade, onde há maior concentração de farmácias, para chamar a atenção da população sobre as causas de reivindicações da categoria.

Fotos: Paraibaonline

O manifesto retirou das farmácias os profissionais que estavam de plantão para engrossar o protesto contra o Sindicato do Comércio Varejista de Medicamentos de João Pessoa, que, após encerradas as rodadas de negociação, decidiu não assinar a Convenção Coletiva de Trabalho, mudando o texto acordado, o que prejudicou a categoria.

Conforme a presidente do Sindicato dos Farmacêuticos do Estado da Paraíba (Sifep), Ariade Ribeiro, a carga horária de trabalho da classe é de 40 horas e foi aumentada para 44 e estão exigindo ainda que o farmacêutico pague multa por ausência, ou seja, o acordo não prevaleceu.

“São coisas inconstitucionais que estão fora da realidade, e as grandes redes farmacêuticas estão chegando à Paraíba, mas estão retirando os direitos desvalorizando os profissionais. O Sifep quer mostrar que só através de uma categoria unida e um sindicato forte, que a luta por melhores condições de trabalho e manutenção de conquistas já obtidas é possível”, destacou a sindicalista.

Veja também

Comentários

Simple Share Buttons