Quantcast

Fechar

logo

Fechar

Presidente da AMA critica falta de inclusão em escolas públicas e privadas de CG

Da Redação. Publicado em 21 de novembro de 2017 às 16:25.

Foto: Paraibaonline

Foto: Paraibaonline

Depois da polêmica que tomou as redes sociais, após o desabafo de uma mãe que teve a matrícula de seu filho autista negada por uma escola particular, localizada no bairro do Catolé em Campina Grande, a presidente da Associação dos Amigos dos Autistas (AMA), Vânia Pinheiro, se pronunciou sobre a inclusão dos portadores dessa síndrome nas escolas.

Segundo Vânia, há dificuldades de incluir os autistas tanto na rede particular, quanto na rede pública de Campina Grande.

Em entrevista nesta terça-feira, 21, Vânia revelou que também já passou por situações constrangedoras com sua filha em escolas da cidade.

– Escola nenhuma pode recusar uma criança com autismo ou qualquer outra síndrome. Eu passei situação semelhante à dessa mãe com minha filha. O fato é que não existe inclusão nas escolas. Esse processo é um assunto muito vasto. As escolas aceitam as crianças, mas não há, de fato, uma inclusão, nem nas escolas particulares e nem na rede municipal pública. Existe uma mudança de pensamento, de boa vontade, mas não queremos só boa vontade – desabafou.

As declarações repercutiram na Rádio Campina FM.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube