...

Campina Grande - PB

Chanceler da Unifacisa discute papel das cidades médias em Fórum do BNB

14/11/2017 às 18:08

Fonte: Da Redação com Ascom

Para discutir o papel das cidades médias no desenvolvimento regional, o Banco do Nordeste vai realizar nos dias 23 e 24 de novembro o I Fórum BNB G20+2- de Cidades Médias.

O evento, que acontecerá em Fortaleza, reunirá 40 municípios, dentre os quais está Campina Grande.

A cidade será contemplada na mesa redonda sobre “O BNB no Financiamento ao Setor Produtivo”, que terá a exposição do chanceler da Unifacisa, Dalton Roberto Benevides Gadelha, juntamente com os debatedores Helton Chagas Mendes e Adelirio Faleiro, respectivamente Superintendente de Negócios de Atacado e Governo do BNB e Gerente de Relações Institucionais e Governamentais da Borrachas Vipal NE.

Foto: Ascom

Foto: Ascom

O convite para a participação foi motivado pelo fato da Unifacisa representar um investimento privado instalado em cidade de médio porte, com apresentação de resultados expressivos em termos de impactos econômicos gerados no entorno.

Criada há 18 anos e sempre contando com o financiamento do Banco do Nordeste em todas as etapas de expansão, a Unifacisa representa bem o perfil que será discutido na mesa redonda, uma vez que gerou desde a sua fundação um impacto socioeconômico positivo no seu entorno.

“Antes da Unifacisa o bairro onde estamos instalados era conhecido como a Vila do Lixo. Não havia a menor infraestrutura. Com a chegada da Faculdade o espaço foi urbanizado e valorizado. Hoje temos, um condomínio popular já habitado e um outro em fase inicial, um condomínio de luxo em construção,transporte público, esgotamento sanitário, ronda policial, além de mais de 20 pontos comerciais sustentados pelo público que forma nossa comunidade acadêmica, que hoje conta mais de 5 mil alunos e quase mil funcionários. Um dos maiores ativos para o bairro com a chegada da Unifacisa é a elevação do índice de empregabilidade”, contabilizou Dalton Gadelha.

Com base no estudo “Cidades Médias do Nordeste: Estrutura Produtiva, Infraestrutura Municipal e Modelos de Gestão”, realizado pelo Escritório Técnico de Estudos Econômicos do Nordeste (Etene), foram identificados 40 municípios considerando primordialmente o critério populacional: número de habitantes acima de 100 mil, excluindo desse padrão as capitais e os municípios de suas respectivas regiões metropolitanas – RMs.

A expectativa é que a partir do Fórum seja possível realizar a estruturação de uma plataforma de negócios e governança que permita criar sinergias entre os 40 municípios partícipes, a iniciativa privada, os bancos de desenvolvimento e organismos financeiros internacionais, as instituições de pesquisa, os órgãos governamentais, dentre outros que possam efetivamente contribuir à implementação de um modelo nesses moldes.

O fórum, que a partir de 2018 deverá ter periodicidade anual, terá início com um dia dedicado à realização de painéis expositivos, que contarão com a participação de especialistas e representantes de organizações com grande expertise no assunto.

No dia seguinte, uma feira com a participação de investidores viabilizará a prospecção de negócios e oportunidades de investimento. Mais informações sobre o evento podem ser acessadas AQUI. 

Veja também

Comentários

Simple Share Buttons