...

Campina Grande - PB

Governador chama oposição campinense de incompetente

10/08/2017 às 19:54

Fonte: Da Redação

Foto: Paraibaonline

Em entrevista dada ontem, em João Pessoa, o governador Ricardo Coutinho (PSB) reagiu duramente às críticas que a oposição em Campina Grande fez à decisão governamental de suspender o racionamento d´água no próximo dia 26.

Veja um resumo do que ele disse.

“Não entende disso (abastecimento d´água) e fica dando palpite absurdo; palpite partidarizado.

“Deveria ter uma cláusula de barreira para políticos incompetentes ou ineficientes. A gente se livraria de muita gente que só quer o péssimo para população; que aposta no quanto pior, melhor.

“Campina está saindo do racionamento porque (Boqueirão) está saindo do ´volume morto´. É por conta disso! E a água que sai para abastecer Campina e todas as cidades do entorno é inferior à (quantidade) que está entrando.

“Portanto, tecnicamente, a cidade está adequada para sair do racionamento. Tanto é que o prefeito de Campina (Romero), há dois meses, cobrava a saída do racionamento. E não fizeram esse tipo de comentário.

“A oposição não entende absolutamente nada, a não ser querer politizar tudo. E o pior: o que eles queriam é que a cidade ficasse em racionamento até sempre, porque eles não pensam no povo, mas nas eleições.

“Se o ex-presidente Lula vem à Paraíba este mês, neste caso, pouco me interessa. O resto é choro de incompetente ou então de setores da própria mídia, articulados com a política”.

Ainda o governador: “Eu tenho pena desse povo. Eu peço a Deus que dê vida longa a esse tipo de gente, porque o maior castigo é eles terem que aplaudir quem tem compromisso com o povo e pode fazer as coisas acontecerem”.

– A saída do racionamento é uma ação eminentemente técnica – reafirmou.

*fonte: coluna Aparte, com Arimatéa Souza

Veja também

Comentários

Simple Share Buttons