...

Campina Grande - PB

Polícia prende três pessoas que aplicavam golpes em agências bancárias da Paraíba

CNJ determina devassa nos salários dos juízes - image data on https://paraibaonline.com.br20/06/2017 às 15:56

Fonte: Da Redação com Secom/PB

CNJ determina devassa nos salários dos juízes - image  on https://paraibaonline.com.br

Foto: Reprodução/TVCB

A Polícia Civil da Paraíba, por meio de um trabalho realizado pela Delegacia de Defraudações e Falsificações (DDF) de João Pessoa, prendeu, na manhã desta terça-feira (20), três pessoas suspeitas de integrarem uma quadrilha que trocava cartões em agências bancárias para efetuar saques indevidos de contas corrente.

A Operação Signa realizou prisões nas cidades de Rio Tinto, no Litoral Norte da Paraíba, Guarabira e no município de Parnamirim, no Rio Grande do Norte.

De acordo com delegado de Defraudações de João Pessoa, Lucas Sá, a quadrilha gerou um prejuízo financeiro de R$ 2 milhões.

“Durante as investigações, a Polícia Civil conseguiu registros de golpes aplicados pela quadrilha nos estados do Piauí, Alagoas, Bahia, Rio Grande do Norte e no Distrito Federal. As abordagens eram feitas a idosos e aposentados. Eles ofereciam ajuda nas agências bancárias e se aproveitavam para trocar os cartões das vítimas por réplicas, logo após roubarem as senhas”, explica o delegado.

Foram presos: Alexsandro de Lima, de 39 anos; José Roberto Olinto, de 32 anos e Demetryus Dantas Sales Clementino, de 39 anos. Com os suspeitos, a polícia encontrou vários cartões de banco, um revólver e uma quantidade de droga.

Além de estelionato, Alexsandro de Lima, que é apontado como chefe do esquema criminoso, responde por porte ilegal de arma de fogo e também por organização criminosa. Ele foi preso em Parnamirim, no Rio Grande do Norte.

Mais detalhes sobre a Operação Signa serão repassados nesta terça-feira (20) durante uma entrevista coletiva, a partir das 15h30, na sede da Central de Polícia Civil, no bairro do Geisel.

 

Veja também

Comentários

Simple Share Buttons