...

Campina Grande - PB

Presidente do PT-PB diz que impeachment contra Dilma foi farsa e pede Diretas

Comerciante mata quatro bandidos, após reagir a assalto em Cacimba de Dentro - image data on https://paraibaonline.com.br19/05/2017 às 20:28

Fonte: Da Redação de João Pessoa (Hacéldama Borba)

Comerciante mata quatro bandidos, após reagir a assalto em Cacimba de Dentro - image  on https://paraibaonline.com.br

Foto: Paraibaonline

O presidente estadual do PT na Paraíba, professor Charliton Machado disse que não há outra saída política para o país, senão pelo impeachment do presidente da República, Michel Temer (PMDB), ou pela cassação dos direitos políticos pelo Tribunal Superior Eleitoral para que sejam realizadas eleições diretas.

“O Brasil vive uma convulsão política social e está mais do que provado que o impeachment de Dilma Rousseff foi uma farsa, na qual ela foi acusada de ter cometido pedaladas fiscais quando na verdade havia uma chantagem do ex-deputado federal, Eduardo Cunha, que foi preso e ficou sendo pago pelo seu silêncio para não contar os bastidores daquele golpe que aconteceu para derrubar Dilma”, ressaltou.

Para Machado, o momento agora é de restaurar a democracia, chamar a população para discutir sobre os novos rumos do país e fazer as reformas que precisam ser feitas, mas como o apoio do povo brasileiro.

Em relação as eleições diretas quando todos os partidos estão envolvidos na corrupção, incluindo o PT, Charliton reagiu dizendo que não se trata dos partidos “bichados”, pois  quem tem que discutir as eleições é o povo brasileiro.

 “O povo é quem vai dizer quem pode governador e quem vai ter legitimidade para fazer as grandes reformas. Essa questão de dizer que partido A ou B está criminalizado, isso criminaliza a política e saída tem que ser pela política e não por um golpe militar ou por uma decisão da justiça se sobrepondo as instituições política brasileira”, explicou.

Ele citou ainda que se for pelo lado da justiça, o juiz Sérgio Moro não teve nenhum interesse da parte dele de investigar profundamente essa questão que está vindo à tona hoje com o afastamento do senador Aécio Neves e a condenação pública do presidente Michel Temer.

“Ele não teve nenhuma iniciativa de investigar Eduardo Cunha. As instituições precisam ser revigoradas pela democracia. Esse é o caminho. Eleições Diretas Já porque é muito greve essa crise. É a maior depois do golpe de 64”, argumentou.

Veja também

Comentários

Simple Share Buttons