...

Campina Grande - PB

Operação Nômade cumpre mandados de prisão e apreende arma e drogas em João Pessoa

Caixa eletrônico da Secretaria de Saúde de CG é explodido durante a madrugada - image data on https://paraibaonline.com.br07/04/2017 às 10:31

Fonte: Secom/PB

A operação Nômade prendeu mais sete suspeitos em cinco dos 12 bairros ocupados, na noite dessa quinta-feira (6), em João Pessoa.

Caixa eletrônico da Secretaria de Saúde de CG é explodido durante a madrugada - image  on https://paraibaonline.com.br

Foto: Secom/PB

Nas ações, foram apreendidas 219 pedras de crack dentro do Mercado Central e apreendido um revólver calibre 38 na comunidade Nova República, no Geisel.

Os mandados de prisão cumpridos pela Polícia Militar aconteceram em Mandacaru e Tambaú, durante abordagens.

No primeiro, policiais do 1º Batalhão prenderam Pedro Henrique da Silva, de 27 anos, que é acusado de cometer um assassinato em Mandacaru e estava com um mandado de prisão em aberto, expedido pelo 2º Tribunal do Júri da capital.

Em Tambaú, foi preso Marcelo Aparecido Perpétuo Chagas, de 37 anos, em uma abordagem por trás da feirinha. Contra ele tinha um mandado de prisão expedido pela justiça de Sorocaba, no estado de São Paulo.

Caixa eletrônico da Secretaria de Saúde de CG é explodido durante a madrugada - image  on https://paraibaonline.com.br

Foto: Secom/PB

Durante as incursões, a Força Tática do 1º Batalhão apreendeu 219 pedras de crack com três suspeitos, de 24, 26 e 29 anos, dentro do Mercado Central. Um deles é do estado da Bahia.

E nas rondas, a Força Regional prendeu um homem de 25 anos com um revólver calibre 38 com seis munições, na Rua Tieta, que fica dentro da comunidade Nova República, no bairro do Geisel.

No bairro de Tambiá, policiais do 1º Batalhão prenderam um homem de 28 anos, suspeito de tentar assaltar um taxista, perto de um shopping.

Em menos de 24 horas da operação, que começou às 9h dessa quinta-feira (7), foram presos 12 suspeitos, apreendidas quatro armas de fogo, 219 pedras de crack e realizadas 24 blitzes, o que resultou em quase 1.500 abordagens a pessoas, veículos e ônibus nas cidades de João Pessoa e Santa Rita.

Veja também

Comentários

Simple Share Buttons