...

Campina Grande - PB

Solidariedade cobra que MPF apure destinação de recursos para OI

Polícia Federal investiga fraudes no Bolsa Atleta - image data on https://paraibaonline.com.br21/06/2016 às 19:46

Fonte: Da Redação com Ascom

O deputado Benjamin Maranhão (SD) usou a tribuna na Câmara Federal, nesta terça-feira (21), para cobrar do Ministério Público Federal uma ação concreta para investigar a destinação de recursos públicos para OI, que divulgou esta semana que está entrando em recuperação judicial.

D”Queremos que seja investigado o que ocorreu em relação à incorporação da Brasil Telecom e, principalmente, ao tráfico de influência do ex-presidente Lula, que veio a beneficiar diretamente o seu filho com R$ 10 milhões”, disse.

De acordo com o parlamentar, a criação desse “monstrengo” chamado Oi foi mais um erro do Governo do PT, quando o então presidente Lula permitiu – através de uma modificação na Lei de Telefonia, em 2008 – que a operadora pudesse se expandir pelo Brasil todo e adquirir a Brasil Telecom, inclusive com quase R$ 20 bilhões de dinheiro público do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) que agora está sob risco.

“E não foi só essa operação, o BNDES realizou mais de 20 operações. Entre o Governo Lula e Dilma, também a Caixa Econômica e o Banco do Brasil foram obrigados a fazer empréstimos vultosos para a Oi. Hoje o que é que se vê? Uma empresa que anuncia a recuperação judicial com uma dívida de R$ 65,4 bilhões, uma empresa cujas ações estão valendo menos de 1 Real no mercado”, comentou.

Benjamin destacou que tudo isso foi feito para beneficiar a empresa Gamecorp do filho de Lula, o Lulinha. “Esse rapaz que era tratador de elefante em um zoológico, de repente criou uma lan house, uma empresa de fundo de quintal, que se associou à Oi ao custo de R$10 milhões, sem nunca ter tido nenhuma expertise, nenhuma especialização na área de tecnologia”, disse.

Conforme o deputado, para espanto geral de todos, na época, o Ministério Público não quis aprofundar as investigações, pois disse que não havia uma relação direta entre o empréstimo do BNDES e o dinheiro que foi usado para a compra da participação pela Oi por parte da Gamecorp. Segundo Benjamin, agora diante de delações premiadas, constata-se que havia, sim, tráfico de influência pesado no Governo do PT

“Esperamos que o Ministério Público se manifeste nesse momento e reabra esse caso, que o tire da gaveta e busque a verdade, a verdade que o povo brasileiro espera, no momento em que repudia de forma intensa a corrupção, para varrer de vez esse mal que assola o Brasil. Nós não podemos permitir que isso aconteça no setor público, tão pouco que ocorra desvio de dinheiro do contribuinte para enriquecer empresários e pessoas que são ligadas ao poder”, finalizou.

Veja também

Comentários

Simple Share Buttons