...

Campina Grande - PB

Ronaldo Filho acusa Hervázio Bezerra de ser fraco de alma e oportunista

Fraudes à Previdência passam de R$ 56 bilhões - image data on https://paraibaonline.com.br16/06/2016 às 20:36

Fonte: Da Redação de João Pessoa (Hacéldama Borba)

Foto: Paraibaonline

Foto: Paraibaonline

Por conta das declarações do líder do governo na Assembleia Legislativa, deputado Hervázio Bezerra (PSB) ditas na sessão da quarta-feira (15), de que o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) se alia até com o satanás para derrotar Ricardo Coutinho (PSB), o clima esquentou no cenário político paraibano.

O vice-prefeito do município e Campina Grande, Ronaldo Cunha Lima Filho não gostou do que ouviu e saiu em defesa do irmão e disse que o deputado no seu papel de subserviência ao chefe de plantão, claramente se excedeu e que ele sim, foi quem se aliou a quem lhe garantiu regalias, privilégio e fez até subterrâneos entre a Assembleia Legislativa e o Palácio da redenção.

“Ele não tem moral para falar em alianças. Hervázio é um oportunista e todo mundo sabe disso. É fraco de alma, fraco de crenças. A ele falta tranquilidade para enfrentar os problemas porque por trás daquela fala mansa se traduz a insegurança, a falta de convicção daquilo que ele defende. É um eterno suplente na eterna busca de mudar o sol. Ele sim faz de tudo para ter o que quer”, rebateu.

Ronaldo se disse atingido com o que disse o líder do governo porque até bem pouco tempo era um aliado, tinha ligações muito próximas com Cícero Lucena e como não mais pode oferecer o que ele queria em termo de mandato foi pra Cássio, depois para Ricardo Coutinho.

Ele disse ainda que o deputado Hervázio é aquele aliado de ocasião, que só defende aquilo que no momento lhe é interessante e que pode render-lhe de alguma forma espaços e privilégios.

“Ele foi além da conta ao fazer essas colocações porque todos sabem que Cássio é um homem temente a Deus”, disse.

Veja também

Comentários

Simple Share Buttons