...

Campina Grande - PB

Estacine apresenta “Dona Flor” neste domingo, em João Pessoa

Medida cautelar suspende criação da Guarda Militar - image data on https://paraibaonline.com.br12/06/2016 às 11:01

Fonte: Secom/JP

dona flo

foto: divulgação

Em comemoração ao Dia dos Namorados, neste domingo (12), 16h, o projeto Estacine apresenta um clássico do cinema brasileiro. Trata-se de “Dona Flor e seus Dois Maridos”, uma versão para o cinema do livro que leva o mesmo o nome, de autoria do escritor baiano Jorge Amado.

A exibição tem início às 16h, no miniauditório III da Estação das Artes, prédio ao lado da Estação Cabo Branco – Ciência, Cultura e Artes, no Altiplano.

A entrada é aberta ao público e o filme tem classificação indicativa de 18 anos. “Dona Flor e seus Dois Maridos” se passa durante o carnaval de 1943, em Salvador (BA), quando Vadinho, personagem vivido pelo ator José Wilker, um mulherengo e jogador inveterado, que morre repentinamente e sua mulher, Dona Flor (Sônia Braga), fica inconsolável, pois apesar de ele ter vários defeitos, era um excelente amante.

Mas, após algum tempo ela se casa com Teodoro Madureira (Mauro Mendonça), um farmacêutico que é exatamente o oposto do primeiro marido.

Ela passa a ter uma vida estável e tranquila, mas tediosa e, de tanto “chamar” pelo primeiro marido, um dia aparece Vadinho nu na sua cama. Então ela pede ajuda a uma amiga, dizendo que quase foi seduzida pelo finado esposo.

Um pai de santo se prontifica a afastar o espírito de Vadinho, mas existe um problema: no fundo Flor quer que ele fique, pois há um forte desejo que precisa ser saciado.

Veja também

Comentários

Simple Share Buttons