...

Campina Grande - PB

Empresário preso na Operação Andaime é condenado pela Justiça Federal

Governo anuncia ´festival´ de privatizações e inclui aeroportos de João Pessoa e CG - image data on https://paraibaonline.com.br29/06/2016 às 11:34

Fonte: Da Redação

mario-messias-marinho

Foto: Reprodução/Internet

O empresário Mário Messias Filho, conhecido na região de Cajazeiras como ‘Marinho’, preso em 2015 durante a Operação Andaime, foi condenado a oito anos e seis meses de prisão pela Justiça Federal.

A sentença, do juiz da 8ª Vara Federal, Rafael Chalegre do Rêgo Barros, foi publicada na última segunda-feira.

Ela é resultado de denúncia feita pelo Ministério Público Federal (MPF), que em junho do ano passado deflagrou a Operação Andaime, em conjunto com a Polícia Federal e a Controladoria Geral da União (CGU), com a finalidade de desarticular uma organização criminosa, que teria sido criada com o objetivo de fraudar licitações em municípios do Sertão paraibano e dos estados do Rio Grande do Norte e Ceará.

Na denúncia que resultou na condenação do empresário, a principal acusação feita pelo MPF é que Marinho teria descumprido medidas cautelares impostas pela Justiça e também praticado quatro atos na tentativa de obstruir as investigações processuais.

“Considerando a gravidade concreta dos fatos imputados ao réu – que descumpriu medidas cautelares que lhe foram fixadas alternativamente à prisão, bem como que atuou para embaraçar o curso das investigações relativas à organização criminosa (…) a prisão preventiva merece ser mantida, principalmente porque as investigações no contexto da Operação Andaime ainda estão em curso”, destacou o juiz em sua sentença.

Diante das razões expostas, em seu despacho, Rafael Chalegre também negou ao empresário o direito de recorrer da decisão em liberdade.

Veja também

Comentários

Simple Share Buttons