...

Campina Grande - PB

Deputado acusa retaliação política do Ministério das Cidades contra Ricardo Coutinho

Medida cautelar suspende criação da Guarda Militar - image data on https://paraibaonline.com.br14/06/2016 às 15:40

Fonte: Da Redação de João Pessoa (Hacéldama Borba)

O assunto desta terça-feira (14) na Assembleia Legislativa girou em torno da retirada dos recursos da conta do Estado pelo Ministério das Cidades para a conclusão do Viaduto do Geisel, em João Pessoa.

Para o deputado Gervásio Maia (PSB), o ato do ministro Bruno Araújo não foi só contra o governador Ricardo Coutinho (PSB), mas contra o povo paraibano.

“Eu lamentei muito. É inaceitável que a nossa bancada federal aceite que a Paraíba perca aquilo que já tinha sido conquistado. É inadmissível. Essa história de dizer que foi por conta da medição da obra é furada. O viaduto já está quase pronto e vai ser inaugurado em breve, pois é uma obra muito importante para a mobilidade urbana de João Pessoa e nós não podemos aceitar isso”, disse.

O deputado disse ainda que os eleitores da Paraíba estarão muito atentos para esse tipo de comportamento, pois o que todos queriam era que a bancada federal defendesse novos investimentos para o Estado.

Ele disse ainda que R$ 17 milhões para o governo federal é muito pouco, mas para a Paraíba é muito dinheiro e o governo precisa que seja devolvido o recurso que já estava garantido.

“Não há justificativa para o ato a não ser de uma retaliação política. A classe política tem a obrigação de se unir pelos interesses dos paraibanos. A eleição passou e o palanque já foi desmontado. Nós queremos o dinheiro dos paraibanos de volta”, ressaltou.

gervasio maia

Foto: Paraíbaonline

Maia também achou inaceitável a postura do senador Cássio Cunha Lima (PSDB), que ao invés de defender a Paraíba não o fez. Ele disse que chegou a achar que fosse uma montagem a entrevista do senador tucano falando sobre o ocorrido.

“Nós precisamos da bancada federal. Os senadores têm a obrigação de reagir. Eu não quero generalizar, mas a fala do senador Cássio disse tudo, pois o ministro é do PSDB e esteve em Campina Grande semana passada e de repente o dinheiro foi surrupiado das contas da Paraíba. Isso é uma afronta. Essa obra vai atender a todos os paraibanos”, argumentou o socialista.

Veja também

Comentários

Simple Share Buttons