...

Campina Grande - PB

Barreira do Cabo Branco: Charliton critica briga de vaidades entre PMJP e Estado

23/06/2016 às 11:22

Fonte: Da Redação com Ascom

Nos últimos dias, assuntos voltados para as questões do meio ambiente estão colocando em destaque as posturas adotadas pela Prefeitura de João Pessoa.

O professor Charliton Machado, pré-candidato do PT a prefeito, lembrou que além da situação da Barreira do Cabo Branco, os problemas com a coleta de lixo na cidade também estão sendo denunciados frequentemente pela população.

No início do mês de junho o pré-candidato do PT este esteve na Barreira do Cabo Branco em uma atividade realizada pelo partido: ‘Dialoga João Pessoa – Meio Ambiente’.

barreira

Foto: Ascom

“Reunimos ambientalistas, professores e pessoas que acompanham a situação da barreira para vermos de perto a situação de abandono daquele local. A política de ocupação desorganizada da Prefeitura está acabando com o nosso Cartão Postal. A barreira está cada vez mais degradada, resultado de iniciativas governamentais não planejadas e sem levar em conta o fator ambiental”, disse ele.

Charliton Machado ainda colocou que mesmo o problema sendo de longa data, a responsabilidade recai sobre os gestores atuais.

“Claro que os outros gestores deveriam ter feito algo, mas agora é papel dos que estão no poder apresentar soluções para este problema. Não interessa para a população as disputas políticas entre a Prefeitura e o Estado. Cada um deve assumir as suas responsabilidades, colocar de lado essa briga de vaidades e  agir urgentemente”, afirmou.

O professor destacou que “é preciso replanejar a ocupação a ocupação do solo no Cabo Branco, cuidar da infraestrutura, preservar a vegetação e ouvir especialistas e a população”.

Ainda na pauta meio ambiente, os problemas na coleta de lixo, que é responsabilidade da  Prefeitura de João Pessoa, também estão sendo amplamente divulgados pela imprensa local e pela população através das Redes Sociais.

“Em bairros da Capital a coleta dos resíduos demora dias para acontecer, e com isso temos um problema ligado ao meio ambiente e a saúde pública. Estamos em um período de chuva, e esse lixo com certeza vai acabar prejudicando o escoamento da água, contribuindo assim para os alagamentos. Para a saúde pública, poderia passar o dia falando como a população fica exposta aos diversos tipos de doenças que surgem provenientes da falta da limpeza urbana, e com isso, muitos optam por jogar o lixo nos terrenos, prejudicando o meio ambiente”, destacou.

O professor Charliton Machado explicou que isso torna-se uma cadeia, e ela foi iniciada por causa do péssimo trabalho exercido pela Prefeitura.

“As pessoas precisam assumir as suas responsabilidades. A Barreira do Cabo Branco e a coleta de lixo são alguns dos problemas que a gestão municipal não esboça a mínima vontade de resolver. Denúncias são feitas diariamente, e o que escutamos são desculpas e mais desculpas”, concluiu.

Veja também

Comentários

Simple Share Buttons