...

Campina Grande - PB

Romero se reúne com presidente da República em exercício em Brasília

17/10/2016 às 14:41

Fonte: Da Redação

O prefeito reeleito Romero Rodrigues, de Campina Grande, viajou no final da manhã desta segunda-feira, 17, para Brasília.

Entre os compromissos já agendados, Romero manterá reunião com o ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, às 17h. Em seguida, às 18h, será recebido em audiência pelo presidente da República em exercício, deputado Rodrigo Maia (PMDB).

Na reunião com Helder Barbalho, Romero Rodrigues estará acompanhado do deputado federal Rômulo Gouveia (PSD), responsável pelo agendamento da audiência.

Representantes do Ministério Público Estadual também integrarão a comitiva de Romero no Ministério da Integração Nacional.

Na pauta da reunião com o ministro, Romero tratará objetivamente do mais grave problema enfrentado por Campina Grande nos últimos meses: a crise hídrica.

Com a capacidade de armazenamento do Açude Epitácio Pessoa, em Boqueirão, abaixo dos 10%, o prefeito campinense vai apresentar a Helder Barbalho e equipe suas impressões a respeito de viagem que fez, na semana passada, aos municípios de Monteiro (Cariri paraibano) e Sertânia (Pernambuco), onde se concentram as obras do Eixo Leste da Transposição das águas do Rio São Francisco.

Foto: Codecom/CG

Foto: Codecom/CG

Palácio do Planalto – Após a reunião técnica com o ministro Helder Barbalho, o prefeito Romero Rodrigues seguirá para o Palácio do Planalto, onde tem audiência agendada com o presidente da República em exercício, Rodrigo Maia, presidente da Câmara dos Deputados.

Com o ex-colega da Câmara dos Deputados, Romero voltará a tratar da questão hídrica que aflige Campina Grande.

Além de pedir apoio político ao presidente em exercício, para que o governo federal adote as providências emergenciais e urgentes para acelerar a chegada de água da transposição até Campina, o prefeito de Campina Grande também solicitará empenho do presidente em exercício no âmbito do Legislativo para o município e região.

De acordo com Romero Rodrigues, só mesmo com uma ação efetiva e firme do governo federal é que há possibilidade de, a curto prazo, surgir uma solução para a grave crise de abastecimento que se abate em Campina Grande. Recursos para a construção de uma adutora de engate rápido estão entre os pedidos à Presidência.

 

Veja também

Comentários