...

Campina Grande - PB

Prefeitura de João Pessoa garante moradia para 336 famílias de áreas de risco

14/01/2017 às 8:35

Fonte: Secom/JP

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, visitou, na manhã desta sexta-feira (13) as obras do Residencial Novo São José, que vai beneficiar mais de 1.340 pessoas que moravam na comunidade e sofriam com os riscos de alagamento e de queda da barreira.

A obra – orçada em mais de R$ 26 milhões – teve início no ano passado e as 336 famílias devem receber seus apartamentos no segundo semestre deste ano.

O prefeito destacou que a Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) busca dar uma casa nova com infraestrutura e, sobretudo, dignidade para as pessoas que mais precisam na Capital.

Para início das obras, a Prefeitura concedeu auxílio moradia para os moradores das áreas de risco do bairro para eles deixarem suas casas e possibilitar a construção do residencial no mesmo local.

Na área, a construtora realizou um trabalho de sustentação da barreira para dar prosseguimento à construção dos apartamentos. No total, 336 famílias foram realocadas e devem voltar ao bairro de origem após a conclusão dos trabalhos.

foto: Secom/JP

“Fechamos 2016 entregando 200 apartamentos para comunidades carentes e começamos o ano com mais este trabalho. Todo mundo conhece o bairro São José, que sempre foi considerado uma área de risco. No período de chuva, as pessoas viviam um verdadeiro inferno porque a água invadia as casas e elas viviam sem nenhuma dignidade. Nós tiramos estas pessoas da área de risco e vamos colocar para morar nesses apartamentos com toda dignidade, infraestrutura, pavimentação e bem localizados. A gente pensa na cidade como um todo, mas tem um foco naqueles que mais precisam do poder público”, afirmou Luciano Cartaxo.

A Prefeitura inovou ao contratar, através da construtora, 30% da mão de obra entre os próprios moradores que posteriormente serão beneficiados com a entrega dos apartamentos. Antigos moradores que viviam há vários anos no local e vivenciaram diversos períodos de inundações e ameaça de queda de barreira, agora estão trabalhando para realizar o sonho de toda a comunidade.

Uma destas pessoas é Edmilson Rodrigues, que mora no bairro São José há mais de 30 anos com a esposa e dois filhos e que trabalha ansioso pela conclusão das obras para finalmente ganhar um apartamento.

“É muito bom saber que estamos trabalhando em nosso próprio bairro para beneficiar a nós mesmos. Já passei por muitas dificuldades, vi muita inundação, perdi coisas nas chuvas e agora vejo que está chegando uma solução para a gente”, disse.

A secretária de Habitação, Socorro Gadelha, explicou que todas as famílias que foram realocadas receberão a casa própria.

“Por conta do risco, o prefeito autorizou levá-las para o auxílio-moradia, que é um recurso que a Prefeitura paga para elas saírem do local para a gente poder fazer a obra e depois elas voltarem. As famílias foram todas cadastradas, caracterizadas, analisadas em sua renda, quantidade de filhos, pessoas com deficiência e hoje estão sendo construídas as unidades para receber estas famílias de volta”, disse.

Veja também

Comentários